Cuiaba (MT), 31 de outubro de 2020 - 18:44

Esportes

3 A 0 08/10/2020 10:35 AGÊNCIA BRASIL

Com dois de Pedro, Flamengo acorda no segundo tempo e vence Sport

O Flamengo precisou de 14 minutos, no segundo tempo, para liquidar a fatura contra o Sport. A vitória desta quarta-feira (7), por 3 a 0 no Maracanã, pela 14ª rodada, manteve o Rubro-Negro carioca à caça do líder Atlético-MG. O time de Domenèc Torrent foi a 24 pontos, entre os quatro primeiros. Já o Leão pernambucano segue com 20 pontos, fora da zona de classificação à Libertadores.

Apesar de atuar em um ritmo mais lento que o habitual, o Flamengo teve as melhores chances do primeiro tempo, mas parou no goleiro Luan Polli. Primeiro aos 27 minutos, em uma cabeçada do atacante Pedro. Depois, aos 44, em uma finalização cruzada do volante Gerson. A marcação do Sport, dobrada, dificultou o trabalho do atual campeão brasileiro.

Só que o Rubro-Negro carioca voltou acelerado para o segundo tempo. Aos cinco minutos, a troca de passes na entrada da área funcionou e Pedro, recebendo do também atacante Bruno Henrique, fez o primeiro. Quatro minutos depois, o meia Diego cobrou escanteio e o zagueiro Gustavo Henrique, de cabeça, anotou o segundo. Por fim, aos 14, Pedro aproveitou mais uma jogada de Bruno Henrique, dominou no peito e, mesmo caindo, ampliou.

A vitória dá moral ao Flamengo para o clássico de sábado (10), às 17h (horário de Brasília) contra o Vasco em São Januário. Já o Sport joga domingo (11), às 18h15 contra o Botafogo na Ilha do Retiro.

Passeio do Bahia

Outra vitória elástica foi do Bahia: 3 a 0 sobre o Vasco no estádio de Pituaçu, em Salvador. O Tricolor de Aço que só havia vencido uma vez nos últimos 11 jogos, foi a 15 pontos e se afastou da zona de rebaixamento. O time cruzmaltino, que chegou a liderar o Brasileirão nas primeiras rodadas, não ganha há quatro partidas e segue com 18 pontos, fora da zona de classificação à Libertadores.

Aos nove minutos, o atacante Clayson cruzou pela esquerda e o também atacante Rossi finalizou, colocando o Bahia à frente. Aos 31, o zagueiro Ernando, atuando como lateral pela direita, colocou na área e o atacante Gilberto mandou para as redes. O Tricolor quase ampliou dois minutos depois, em chute do zagueiro Juninho, que recebeu com liberdade, mas bateu por cima do gol. Aos 45 não teve desperdício, o lateral Yago Pikachu afastou mal e Clayson, na sobra, fez o terceiro.

Na etapa final, a missão vascaína ficou mais complicada com a expulsão do volante Bruno Gomes, aos 22 minutos. O Bahia diminuiu o ritmo e manteve o domínio, mas não ampliou o marcador. O Tricolor volta a campo no domingo, às 16h, contra o Fluminense no Maracanã. Já o Gigante da Colina terá pela frente o clássico com o Flamengo, no sábado.

Grêmio sofre, mas vence

Em Porto Alegre, apesar de um início avassalador, o Grêmio sofreu para vencer o Coritiba por 2 a 1. O Tricolor, que não ganhava há quatro rodadas pela Série A, foi a 17 pontos, ainda no meio da tabela. O time paranaense, estacionado nos 12 pontos, continua na zona de rebaixamento e pode encerrar a rodada na lanterna caso Goiás, Red Bull Bragantino e Botafogo vençam seus compromissos.

O Grêmio começou o jogo acelerado. Logo aos seis minutos o atacante Pepê cruzou pela esquerda e o também atacante Luís Fernando, de cabeça, abriu o placar. O segundo gol saiu aos 10, com o zagueiro David Braz aproveitando a sobra de uma cobrança de escanteio. O Coxa acordou, equilibrando as ações, finalizando mais que o rival e até balançando as redes com Robson, aos 32 minutos, mas o lance foi invalidado pelo árbitro de vídeo (VAR), que identificou impedimento do atacante.

Na etapa final, o Coritiba foi melhor e até criou mais chances, chegando a diminuir com o volante Nathan Silva, de cabeça, após cobrança de escanteio do meia Giovanni Augusto, aos 26 minutos. A pressão alviverde, porém, não foi suficiente para, pelo menos, garantir o empate. Após o triunfo, o Grêmio retorna a campo no domingo, às 16h para encarar o Santos na Vila Belmiro. O Coxa joga um dia antes, às 19h contra o Fortaleza no Couto Pereira.

Homenagem

Após o apito final e a vitória na Arena do Grêmio, os jogadores do Tricolor fizeram uma homenagem a Marcelo Oliveira. O zagueiro, de 33 anos, anunciou o fim da carreira, mas seguirá no clube em um cargo administrativo. O defensor revelado no Corinthians, que sofreu com várias lesões nas últimas temporadas, fez 174 jogos e marcou seis gols pelo time gaúcho, que defende desde 2015.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.


Resumo Online

E-mail
Redação: redacaocopopular1@gmail.com

Telefones
(65) 3052-6030 / (65) 3052-6030

Todos os Direitos Reservados para Resumo Online

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo