Cuiaba (MT), 04 de dezembro de 2020 - 08:26

Geral

QUALIDADE DE VIDA 18/11/2020 16:46 Redação

Condomínios contribuem para desenvolvimento de regiões no entorno

O crescimento da região e facilidade de acesso foram alguns dos pontos que fizeram com que a administradora Kattcillane da Silva Bianchi

Dados da última estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentado em 2020 apontou que o número de moradores em Cuiabá aumentou em 12% na última década.  Há 10 anos, o número era de 551.098 e hoje são contabilizados 618.124 moradores, um aumento de mais de 67 mil pessoas.

Com o crescimento populacional, a cidade também precisou se estruturar com a construção de vias de acesso, saneamento básico e desenvolvimento de novos bairros e regiões, como a região do Jardim Imperial e Ribeirão do Lipa.

Um fato semelhante nesses bairros foi a chegada de condomínios horizontais nos últimos anos, que abrigam mais de cinco mil famílias. Esses condomínios acabam ocupando regiões mais periféricas, mas dentro da área de expansão urbana, na maioria das vezes onde já existe um espaço planejado de crescimento e acabam colaborando com o desenvolvimento acelerado desses bairros.

O Jardim Imperial, por exemplo, após a inauguração da Avenida das Torres e a chegada dos condomínios horizontais a região conta hoje com infraestrutura completa, com comércio, feiras, escolas, restaurantes e farmácias. O bairro agradável, sem os barulhos do centro e com temperatura relativa menor que em outros pontos da capital conta também com vias de acesso rápido para as principais avenidas.

Para o diretor da Ginco, uma das maiores incorporadoras de Mato Grosso e responsável pela maioria dos condomínios horizontais dessa região, Júlio Braz, o crescimento dos condomínios está diretamente ligado à procura dessas novas famílias que querem morar em casas, mas com toda segurança e conforto.  “As vantagens não são apenas para os que optam por essa solução residencial, mas para toda a população em volta, já que muitas incorporadoras e construtoras investem em planos de crescimento regional”, afirmou.

O crescimento da região e facilidade de acesso foram alguns dos pontos que fizeram com que a administradora Kattcillane da Silva Bianchi, 30, escolhesse morar na região. Junto com seu marido, o também administrador Cássio Bianchi, 43, eles pretendem começar a construir a casa dos sonhos já no próximo ano.

“Quem está se beneficiando com o crescimento região de maneira geral são os moradores. Pela questão de um acesso rápido, pela questão do trânsito. Aqui tudo é muito prático. Tem supermercado, farmácia. Só hospital que não fica tão perto, mas o resto é tudo. Escola também. Então tudo o que a gente precisa está aqui”, relata.

Outro ponto a ser levado em consideração é a questão da mobilidade urbana, fator que influencia diretamente na qualidade de vida. Nesse aspecto, há a construção de uma ponte no Córrego do Moinho, que liga os bairros Jardim Itália e Recanto dos Pássaros, prevista para ser entregue no próximo ano. Com 36 metros de extensão e 18 metros de largura, obra tem como objetivo desafogar o trânsito nos horários de pico.

De acordo com a arquiteta da Ginco, Juliana Elias, todos os condomínios já são entregues pensando nesse desenvolvimento e a própria empresa ajuda a acelerar esse processo. “O viaduto Juca do Guaraná, que cruza a Avenida Itália com a Avenida das Torres, por exemplo, o projeto e obra foi doado pela Ginco. Entendemos que temos uma necessidade em ajudar ”, pontua a arquiteta.

“No caso do Belvedere, a Ginco começou a desenvolver o plano de expansão. A gente faz primeiro o macro e vamos afinando os estudos. Com alteração de traçado em cima da topografia, em cima de condicionamento de ambientes, consultando a prefeitura”, finaliza.


Resumo Online

E-mail
Redação: redacaocopopular1@gmail.com

Telefones
(65) 3052-6030 / (65) 3052-6030

Todos os Direitos Reservados para Resumo Online

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo